Depoimentos

Depoimentos dos participantes ao longo de 15 anos de seminários embarcados e 22 anos de existência:



"O IFNOPAP é uma experiência ímpar. Nele se vive  o desafio de ser universidade na sua plenitude, nos dando orgulho por fazer parte de um projeto  ousado, corajoso, grandioso, bem sucedido e democrático  por unir ensino, pesquisa e extensão de maneira eficaz."
Dr. Vladimir de Araújo Távora – IGC –UFPA


"O que são e para quê servem os eventos anuais do IFNOPAP e do CAMPUS FLUTUANTE da Universidade Federal do Pará?
Trata-se da maior e mais rica atividade de Extensão que conheci e conheço no Brasil. Ela envolve ao lado da Extensão Universitária, o Ensino e a Pesquisa. Reúne professores pesquisadores e estudantes pesquisadores de múltiplos Cursos da UFPA. Congrega muitos outros, tanto de instituições paraenses como de outros estados e países. Estas Instituições são de vários níveis e origens, e, não apenas universitárias. Os dois eventos realizam-se concomitantes na Amazônia às margens e ao longo dos seus “mares” de águas doces e mixohalinas. Desenvolve-se parte durante a navegação e parte em terra. As atividades são aplicadas às populações visitadas particularmente através das escolas das cidades que estão no roteiro programado em cada ano, e, também, ao próprio grupo que se desloca a partir de Belém. Este é assessorado no período de cada evento por equipes de saúde, Bombeiros e Polícia. A organização é ampla e profunda, o que permite a execução dos projetos de cada dia. Nos portos o barco é também usado para atividades programadas com a população local. As preocupações vão desde questões lingüísticas, arte, produção cultural de vários tipos, questões indígenas, antropológicas, geográficas, históricas, geológicas, de saúde, literárias, biológicas, entre outras. Portanto, servem ainda para a integração de pessoas e saberes em diferentes localidades, cidades. É primordialmente a grande integração da UFPA com a população paraense. Esta grande organização partiu da idealização da Professora Dra. Maria do Socorro Simões há muitos anos passados sob cuja batuta são executados os dois eventos paralelos em cada desses anos da existência dos mesmos. Eu tive a oportunidade de participar dos mesmos nos anos de 2012 e 2013. A experiência é estupenda para qualquer um que se absorva com as diferentes contribuições e debates. Permite um novo olhar e muitos olhares sobre a Amazônia. Que estes eventos continuem e que tenham vida longa!"

Gerusa Duarte- UFSC


"Participar do IFNOPAP/Campus Flutuante é sempre uma experiência inigualável. Para nós, membros da comissão organizadora, o evento inicia-se com a sua montagem e se estende até a realização de todas as atividades do seminário embarcado. Neste longo percurso, sob a coordenação competente de nossa Socorrinho, desenrolam-se relações, firmam-se parcerias, definem-se cronogramas, executam-se ações. Ao final de tudo, saímos preenchidos de conhecimento, de sabedoria, de cultura, de arte e, sobretudo, de amazonidades, seja por causa do encantamento paisagístico entre o rio e a floresta, seja devido ao convívio com as comunidades ribeirinhas. O IFNOPAP segue, assim, alcançando sua maioridade, tornando-se referência de evento extensionista com fortes consequências para a pesquisa e para o ensino. Cumpre, desse modo, um papel primordial no seio de nossa instituição."

Prof.ª Carmena Ferreira de França
Faculdade de Geografia e Cartografia/UFPA


"Rever lugares onde eu já tinha andado, agora com pessoas de outras formações e perspectivas diferentes, foi uma experiencia realmente muito rica."

Candace Slater
Professora de Espanhol e Português
Diretora, Programa de Estudos Luso-Brasileiros
University of California, Berkeley



"Água, rio; pessoas, redes; fio e tecido;  rota e roteiro; caminho, estrada, vereda, trajeto, senda, destino, rumo, intinerário... Viagem... Descobertas. Encontros e reencontros; despedidas. Até o próximo encontro..."
"15 anos de seminário embarcado - ifnopap"!
"Parabéns, ifnopap! Parabéns professora maria do socorro simões!"

Bete Vidal (ILC – UFPA)


"Os Encontros do IFNOPAP sempre foram acolhedores e fecundos, tendo por base a interdisciplinaridade, que atrai sempre mentes abertas. Durante o magnífico percurso amazônico, as sessões científicas e artísticas se multiplicam, ampliando o horizonte intelectual de todos nós. Tudo isso se realiza sob a batuta da nossa querida colega Socorro e sua equipe exemplar."

Carmen Junqueira


"Para mim falar do IFNOPAP e da minha participação em sete eventos desse importante programa é buscar no fundo da memória experiências acadêmicas vividas da mais alta relevância. Programa único no gênero, realizado sempre com grande esforço e paixão pela Prof. Maria do Socorro Simões, este “campus embarcado” se destaca por suas várias qualidades: reúne principalmente membros das comunidades acadêmicas nacional e internacional, e estudantes universitários de distintas áreas do conhecimento. Pessoalmente, o fator de maior destaque do IFNOPAP, — sua interdisciplinaridade, combinando saberes das ciências naturais, sociais e humanas, — tem sido o ponto alto desse verdadeiro congresso internacional. Além do mais, o impacto social e educacional junto às populações interioranas do Estado do Pará não é menos significativo. Tal ligação entre uma universidade como a UFPA e essas populações é uma das poucas verdadeiramente autênticas que tenho presenciado tanto no Brasil como na América Latina em termos de “serviços” prestados às comunidades. Neste ano em que o IFNOPAP se prepara para a sua 15a. edição, é mais do que necessário que a Universidade Federal do Pará e os órgãos governamentais apoiem este programa. O IFNOPAP precisa continuar mostrando para o Pará, o Brasil e o resto do mundo que a sua missão educacional e social continua viva e a produzir resultados excepcionais. Os meus mais sinceros agradecimentos à Prof. Socorro, à sua equipe e à UFPA."

Leopoldo M. Bernucci
University of California, Davis – USA


"Participar do IFNOPAP mudou minha vida. Mudei literalmente, de casa, de estado e de estilo de vida. Deixei de ser só urbana , virei um pouco ribeirinha. Mudei de São Paulo para o Pará.  Troquei o mar pelo rio, o carro pelo barco e as viagens pelo exterior por viagens pelo interior do Pará. No campus flutuante descobri o tema de minhas pinturas e pesquisas  além de inspiração para projeto de extensão que desenvolvo na faculdade Estácio FAP. Hoje vivo mais no ambiente da oralidade transitando pelas múltiplas amazônias que não cansam de me surpreender. E virei aquela professora que sempre topa viajar quando o assunto é brincar nas festas caboclas, curtir tambores da cultura negra  e rituais em programa de índio. Eu e meus alunos só temos a agradecer a professora Socorro Simões por compartilhar com a gente a chance de viver  esta existência singular."


10 -Prof. Msc.Viviane Menna Barreto
Coordenadora de Extensão da Faculdade Estácio FAP


"Participar do IFNOPAP/Campus Flutuante é sempre uma experiência inigualável. Para nós, membros da comissão organizadora, o evento inicia-se com a sua montagem e se estende até a realização de todas as atividades do seminário embarcado. Neste longo percurso, sob a coordenação competente de nossa Socorrinho, desenrolam-se relações, firmam-se parcerias, definem-se cronogramas, executam-se ações. Ao final de tudo, saímos preenchidos de conhecimento, de sabedoria, de cultura, de arte e, sobretudo, de amazonidades, seja por causa do encantamento paisagístico entre o rio e a floresta, seja devido ao convívio com as comunidades ribeirinhas. O IFNOPAP segue, assim, alcançando sua maioridade, tornando-se referência de evento extensionista com fortes consequências para a pesquisa e para o ensino. Cumpre, desse modo, um papel primordial no seio de nossa instituição."

Prof.ª Carmena Ferreira de França
Faculdade de Geografia e Cartografia/UFPA


"Projeto da Apoio a Vida na Amazônia Paraense"
"Ter participado do IFNOPAP em 2014 foi uma experiência maravilhosa na minha vida. Fui convidado para contribuir nos temas de saúde comunitária e animal, assuntos atuais em Saúde Única, para a Amazônia e para o Mundo. Eu e uma equipe de entusiasmados Professores, alunos e pós-graduandos fomos surpreendidos pela grande aceitação de nossas atividades nas escolas municipais de Oriximiná e Santarém, assim como da comunidade local. Foi possível discutir temas com boa profundidade e verificar que as ações tiveram efeito imediato, pois a vizinhança das escolas aderiu ao programa sanitário da leptospirose. Fomos entrevistados pela Rede Globo Pará comprovando nossas tarefas de campo e a ativa participação da comunidade. Em outra ocasião, tivemos a participação de quase 100 alunos de medicina veterinária embarcados em Santarém para participar de uma conferência sobre o controle de doenças em animais selvagens da região amazônica. Em vários momentos tive a impressão de estar voltando na historia do Brasil, conversando com pessoas de comunidades Quilombolas e em várias ocasiões nas atividades em terra. Muito embora o grupo de participantes tenha sido diverso, a interação entre os temas e a possibilidade de trocar experiências foi única e de grande valor para minhas atividades profissionais e pessoais. Somasse a isto o convívio harmonioso e cheio de surpresas e atividades nos longos períodos de viagem por tantos rios maravilhosos. Falando em nome do grupo de participantes, agradeço imensamente a Profa. Socorro Simões, que de forma incansável, coordenou todas as atividades e esteve a frente de tantos momentos grandiosos durante nossa incrível jornada."

Marcelo Beltrão Molento, UFPR, Curitiba, PR


"Ifnopap? Campus Flutuante? Impressão?
Muito mais do que “Navegando entre o Rio e a Floresta” (2013), “Da Pré-História a Modernidade: Navegando entre o Rio e a Floresta em busca das origens” (2012), "Revisitando Cultura e Biodiversidade: Entre o Rio e a Floresta" (2011) e “Belém insular: Produtos, roteiros e propostas” (2009).
Uma experiência única, enriquecedora, na qual funciona perfeitamente a máxima de que o processo de ensino-aprendizagem e a troca de saberes são vias de mão dupla."

Cláudio, Simone e (Capitão) Bernardo Mafra
Universidade Federal de Viçosa - MG



...











Um comentário:

  1. O que se pode dizer de um encontro que se fez durante estes 22 anos um espaço de convivência de pessoas de origens e interesses tão diversos e que conseguem agregar, compartilhar conhecimentos e saírem de cada encontro mais ricos em conhecimentos e vivências, com novas amizades e interesses multiplicados?
    Só é possível dizer: Venham participar! Nenhum depoimento vai conseguir mostrar o que é o IFNOPAP, porque é uma experiência que precisa ser vivenciada.

    Rita de Cássia
    Universidade do Estado do Pará

    ResponderExcluir